Dezembro 31 2016 3Comentários
banner-golden-milk

Leite dourado e propriedades terapêuticas da curcuma

Este ano, fiquei doente, pela primeira vez em bastante tempo a gripe teima em não me deixar e como não tenho tido muitas oportunidades para repousar não há forma de recuperar e isso tem-me deixado em baixo. A falta de energia que sinto, não me deixa sair e fazer o que normalmente faço para relaxar, como correr, o que ainda me deixa mais em baixo.

especiarias-golden-milk

Ao fim de tanto tempo comecei a pesquisar alternativas e remédios caseiros que poderia fazer (naturalmente) para tentar recuperar a energia e deixar esta gripe de lado. As pesquisas foram todas ter à curcuma, uma raiz que já utilizo na cozinha mas que confesso não com o fim terapêutico que estou agora a aplicar. Normalmente utilizo a curcuma de uma forma muito básica, para fazer caril ou como corante alimentar já que dá uma cor amarela que pode ser aplicada em pratos que tentem imitar a gema de ovo, como o tofu mexido (tofu scramble) por exemplo.

Desta vez, para combater a gripe que teima em não ir embora, estou a consumir a curcuma como suplemento anti-inflamatório em vez de tomar uma aspirina.

pimenta-especiarias-golden-milk

Mas o que é a curcuma? 

A curcuma é uma raiz com origem no sudeste asiático, pertencente à família do gengibre e muito utilizada na cozinha indiana, para dar um sabor extra. Além da cozinha, a curcuma, devido às suas propriedades medicinais e curativas é utilizada desde há mais de 2000 anos na medicina Ayurvédica e pode ser encontrada na maior parte das lojas seca, fresca ou em pó (mais comum).
O principio activo da curcuma é a curcumina, um pigmento fenólico que tem um sabor característico, ligeiramente amargo, picante um cheiro que se assemelha a mostarda. É este composto que dá à curcuma as suas propriedades anti-inflamatórias.

Os principais benefícios da curcuma são:

Reduz o stress – a curcuma no ocidente é utilizada como suplemento para reduzir o stress e acalmar a mente;
Pode ajudar a aliviar os sintomas de inflamação e reduz a dor nas articulações;
Melhora a memória e actua na prevenção do Alzheimer
Melhora a circulação e reduz o risco de doença cardiovascular, ao reduzir o nível de colesterol (LDL) no sangue.
Melhora o sistema imunitário – a curcumina é um anti-inflamatório potente e ao contrário do que acontece com os medicamentos convencionais, não provoca úlceras e protege o sistema digestivo. Segundo a revista Oncogene, a curcumina apresentou resultados mais eficazes do que a aspirina e o ibuprofeno.
Actua no sistema digestivo e na prevenção da diabetes – tomar diariamente curcuma ajuda a reduzir o nível de açúcar no sangue e pode ajudar a reverter a diabetes tipo 2

Como consumir a curcuma

A curcuma pode ser adicionada a todos os pratos e eu gosto de a utilizar em caril, tofu scramble, omeleta sem ovos, entre outros. Desta vez quis experimentar algo diferente, que me ajudasse a combater a gripe e que fosse fácil de tomar, sem ser à refeição. Nas pesquisas que fiz, encontrei a receita de Golden milk (leite dourado), muito usual na Índia. A receita pode ser feita com água (chá de curcuma) ou com leite de coco ou outro vegetal (utilizei de amêndoa).

Receita de Leite Dourado (Golden Milk)

leite-dourado-vegan

Ingredientes:

2 copos de leite vegetal
1 colher de chá de curcuma em pó
1 colher de chá de gengibre em pó
1 pitada de pimenta
1/2 colher de chá de canela em pó
Xarope de coco (ou outro para adoçar)

Preparação
Para preparar a bebida basta misturar os ingredientes secos num tachinho e lentamente adicionar a bebida vegetal.

Aquecer a bebida com cuidado para não queimar. Assim que começar a borbulhar desligar o fogo e tapar, deixando repousar cerca de 10 minutos.

Servir quente

loja vegetariana

3 comments

  1. Tomo curcuma em pó todas as manhãs nos meus batidos, mas quando estou em baixo também uso esta solução que já adoro e até penso estar “viciada”, quente tem um sabor óptimo.
    Primeiro estranha-se depois entranha-se!
    Li que a curcuma apenas sozinha não é assimilada pelo nosso organismo na sua plenitude, deve ser sempre acompanhada por pimenta preta.

    Responder
    1. Olá Joana,
      Obrigada pelo complemento sobre a pimenta preta 🌟 💕

      Responder
    2. eu tomo cha de gengibre de manha e cha de curcuma a tarde, mas nunca tinha ouvido ou lido sobre a pimenta-preta.
      one posso porcurar mas informacoes ?

      Responder

Escreva uma resposta ou comentário