Agosto 07 2016 4Comentários
@vegano-sem-frescura

Vegano sem frescura

O livro de receitas veganas mais desbocadas do mundo, acabou de ser lançado no Brasil, com tradução para português.

O livro dos autores do blog Thug Kitchen, compilaram no seu primeiro livro (Vegano sem frescura) mais de 100 receitas que vão auxiliar qualquer um, desde o principiante na cozinha, que não consegue ir além do básico, até ao master chef.

As receitas do livro são todas veganas, sem produtos de origem animal e mostra como podemos comer melhor, preparar refeições saudáveis para vários dias e derrubar o reinado do microondas e da comida pré-cozinhada.

Para além das sanduíches, saladas e molhos, o livro ensina a preparar uma variedade de iguarias mais sofisticadas, como massas, tortas, sobremesas, ensopados e petiscos para um jantar ou uma tarde bem passada com amigos.

A linguagem utilizada no livro é bem desbocada e não é a linguagem que normalmente encontramos para descrever uma receita ou ingredientes, mas ao mesmo tempo aproxima-nós dos autores e da capacidade que as vezes esquecemos de comer bem.

Sobre o livro vegano sem frescura
Grande parte dos livros e blogs de receitas apregoam as maravilhas de seguir uma alimentação com mais verduras, utilizam os termos detox e utilizam muito ingredientes desconhecidos da grande maioria do público, mas os autores Vegan Thug Kitchen (Matt Holloway e Michelle Davis) acham que isso é muito pretensioso e eliminaram os ingredientes gourmet e substituíram os ingredientes estranhos, por alimentos comuns presentes em todas as cozinhas.

O livro começa com a aprendizagem básica da proteína vegana, leguminosas e cereais, assim como os utensílios e ingredientes para criar uma dispensa vegana bem bacana. De seguida o livro veganiza os clássicos de pequeno almoço, como o mingau de aveia e quinoa, panqueca integral de banana e os waffles de milho e calda de morango.

Quando chega ao lado prático da cozinha rápida e saudável, temos as sanduíches e pãezinhos com recheio de lentilha, que vão deixar a preguiça de lado e levar-nós para a cozinha em vez de nos enchermos de fast food.

De seguida temos refeições mais completas com ensopados ricos e suculentos, vindos de todas as partes do mundo, como o Pozole rojo, o Minestrone e o Chowder de milho-verde e manjericão.

Há ainda um capítulo dedicado unicamente a pastas, patês, chips, salsas, bebidas e toda sorte de petiscos que são a desculpa perfeita para chamar os amigos em casa e abrir uma cerveja para celebrar as coisas boas da vida.

Ao longo do livro vamos tendo separadores com a Dica Espertae O Basicão que nos ensinam as técnicas essenciais e mostram ingredientes incríveis para elevar o nível da conversa culinária.

Os autores por trás de Vegan Thug Kitchen

Matt Holloway e Michelle Davis criaram o blog ThugKitchen em 2012. O propósito do blog era criar receitas veganas simples e gostosas descritas de uma maneira fora do normal, muito humor e palavrões à mistura. A escolha da linguagem foi uma brincadeira que os autores quiseram aplicar, para mostrar que estavam a cozinhar comida do dia a dia, no seu fogão, sem utilizarem ingredientes refinados e sem empratamentos dignos de uma página de revista.

A identificação do público com a mensagem do blog, tem fortalecido ao longo dos anos e o livro tem sido um sucesso de vendas nos Estados Unidos.

@vegano-sem-frescura02Wraps de grão-de-bico picante, com molho de tahine
Molho tahine
1⁄4 de xícara de tahine*
3 colheres (sopa) de água morna
11⁄2 colher (sopa) de suco de limão-siciliano
1 colher (sopa) de vinagre de arroz
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 colher (chá) de molho de soja ou tamari
2 dentes de alho picados

Grão-de-bico picante
1 colher (sopa) de azeite de oliva 3 xícaras de grão-de-bico cozido**
2 colheres (sopa) de suco de limão-siciliano
1 colher (chá) de maple syrup 1 colher (chá) de molho de soja ou tamari
2 colheres (chá) de páprica defumada
2 colheres (chá) de cominho em pó 1 colher (chá) de alho em pó
1⁄4 a 1⁄2 colher (chá) de pimenta-de-caiena
4 wraps ou tortilhas de farinha de trigo, grandes espinafre
pepino cortado em bastões cenoura cortada em bastões
Tem o sabor defumado de um falafel, mas sem aquela trabalheira toda.

@vegano-sem-frescura034 Wraps grandes
1 Para o molho, misture toda essa maravilha em uma vasilha pequena, até ficar homogêneo e cremoso. Reserve na geladeira.
2 Agora vamos ao recheio. Aqueça o azeite em uma wok ou frigideira grande em fogo médio-alto. Junte o grão-de-bico e frite até começar a dourar e estalar um pouco. Você vai sacar, isso leva de 3 a 5 minutos. Em uma tigela pequena, misture o suco de limão, o maple syrup e o molho de soja. Quando o grão-de-bico parecer ok, regue com esse líquido e misture. Espere evaporar por cerca de 30 segundos e junte os temperos restantes. Mexa e frite por mais 30 segundos; desligue o fogo.
3 Sirva essas bolotinhas picantes em um wrap com algumas folhas de espinafre e bastões fininhos de pepino e cenoura. Regue um pouco de molho e enrole.

* É como manteiga de amendoim, mas feito de gergelim (Sésamo). No supermercado, fica na seção de produtos naturais ou na de importados, perto dos produtos árabes.
** Ou 2 latas de 425 g, caso você não queira cozinhar a bagaça.

O livro Vegano Sem Frescura, pode ser encontrado no website da Editora Alaúde.

O livro (versão inglesa) está disponível aqui

Salvar

Salvar

loja vegetariana

4 comments

  1. Olá,

    Mas sabe se vai existir a versão física em Portugal? E se sim, para quando?
    Ou só poderá ser por encomenda na Amazon??
    Muito Obrigada

    Responder
    1. Olá Edna
      De momento não há previsão para o lançamento em Portugal, terá que ser mesmo comprado pela amazon. :)

      Responder
  2. Olá beatriz sabe se por acaso este livro ja se encontra à venda em Portugal?
    Pesquisei no site da fnac e não consta :(

    Responder
    1. A edição física apenas se encontra a venda no Brasil, mas pode encomendar pela amazon. 😊

      Responder

Escreva uma resposta ou comentário